26 de julho de 2011

A coisa mais importante que eu já decidi

Não deixar de ser quem eu sou faz parte do compromisso que tenho comigo mesma. É como um pacto, e eu não vou falhar com isso nunca meu amigo.

2 comentários:

gabs. disse...

Interessante, eu tava pensando nisso hoje mais cedo. Isso que a gente ser o que a gente acredita, nossos príncipios, nossos valores. Muito digno não trair isso.
:*

Felipe Braga disse...

Oh, Letícia! Eu posso usar esse texto também?

Também não vou mudar características que cultivo há vinte anos, entre tempestades e bonanças.

Se me permite dizer, você tá certa.
E como dizem Los Hermanos:

"Eu não vou mudar não;
eu vou ficar são,
mesmo se for só.
não vou ceder.
Deus vai dar aval sim:
o mal vai ter fim.
E no final, assim, calado,
eu sei que vou coroado
o rei de mim."

Beijo, linda.