3 de março de 2010

Bilhete

1. A menininha que não parava de sorrir pra mim no metrô só estava querendo me dizer que na vida, mesmo que as pessoas me apertem, ou eu me sinta sufocada, não é pra eu parar de sorrir também.

2 comentários:

Thais motta ~ disse...

Justamente .
NADA nessa vida pode lhe tirar o sorriso .

Muito bom .

Muitos beijos :**

Felipe Braga disse...

Olha, Letícia, que maravilha ler isso!
Até porque podemos nos sentir sufocados de alegria.

Um beijo.

Gostaria de ler uma poesia escrita por ti. rs