14 de maio de 2009

Expressão


Eu vejo muita gente versando sentimentos sobre coloridos corações e cantando alegrias com rimas de esperanças. Eu vejo muita gente desabafando tormentos sobre descoloridas paixões e cantando intensas emoções com rimas de lembranças.

Cada um tem a sua forma de ser arte, de fazer parte, de fazer belo o que dói demais.
Cada um tem a sua forma de tirar do peito, o duelo entre ser humano e, ao mesmo tempo, querer ser perfeito.
Cada um inventa um jeito de seguir em frente e não desistir jamais.


E tudo porque todo mundo é um pouco artista. No papel, na tela ou na conquista.
Sem fórmulas, conceitos, normas ou filosofias, muita gente sobrevive ás angústias da vida fazendo rima, criando prosas, peças e poesias, tirando de detalhes tão pequenos um novo som, descobrindo no silêncio o seu próprio tom.

5 comentários:

Erick Santos disse...

incrível musicalidade e ritmo.

interessante uso de palavras e expressões.

texto maravilhoso e indescritível.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor mais uma vez presenteia os novos amigos e amigos já queridos com o selo: "Viajamos lendo seu blog". Não existem regras, repassem para todos os blogs que fazem das palavras, uma aventura linda na viagem da escrita.



Beijos jogados no ar, sempre!


-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Letícia,

Concordo plenamente com o Erick... essa sua forma de escrever é muito gostosa de ser lida e muito linda de ser interpretada.

Parabéns!


Beijo grande, menina linda.

Rebeca


-

Felipe Braga disse...

Gostei muito daqui também! Texto maravilhoso! Palavras certas, na hora certa. Tens um enorme talento, aproveite. Parabéns, estou te seguindo!

Erick Santos disse...

concordaram comigo!